Reunião na Sedectes debate elaboração do Plano Estadual de Mineração
Publicado: 10/04/2018 19:54
Divulgação Divulgação

Representantes de diversas entidades governamentais se reuniram nessa segunda-feira, 09, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) para discutir a elaboração do Plano Estadual de Mineração. Pela iniciativa, será realizado um diagnóstico sobre o setor de mineração no Estado e estabelecidas diretrizes para a formulação e implantação da política minerária, buscando o desenvolvimento sustentável, ao observar fatores econômicos, sociais e ambientais. Com a reforma administrativa, a política minerária passou a ficar entre as competências da secretaria.

No plano estarão detalhadas ações e programas que serão adotadas em território mineiro. A intenção é que haja articulação com entidades estaduais na formulação e implantação da política minerária. A reunião foi o primeiro encontro de um grupo de trabalho intragovernamental, que terá a incumbência de elaborar as diretrizes e acompanhar a execução do plano. Uma das primeiras ações discutidas pela equipe é com relação ao termo de referência, no qual será realizada a contração de uma consultoria para apoio à execução do plano de mineração.  

A previsão é que o plano de mineração seja realizado em 18 meses a partir da contratação da consultoria. A próxima reunião do grupo de trabalho intragovernamental será realizada em junho.  

 

Panorama da mineração no Estado   

Protagonista na atividade de mineração, o setor mineral de Minas Gerais contribuiu em 2016 com 56,3% do saldo comercial do Estado. No mesmo período, foram gerados 40 mil empregos diretos. Além disso, 53% da produção do país de minerais de origem metálica e 50% de todo o ouro produzido foram extraídos do território mineiro.