Governo de Minas autoriza Unimontes a realizar concurso público para analistas e técnicos universitários
Publicado: 07/03/2018 21:40
Concurso Unimontes Concurso Unimontes

O Governo de Minas Gerais autorizou a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) a realizar novo concurso público para provimento de 96 vagas em cargos de analistas e técnicos universitários, em substituição a servidores desligados após setembro de 2015.

A autorização foi concedida pela Câmara de Orçamento e Finanças, da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. A decisão oficial foi comunicada à Reitoria da Unimontes pelo secretário Helvécio Magalhães (Seplag), o que permite a abertura do certame e os preparativos para o processo de seleção para os níveis superior e médio/profissionalizante.

Serão preenchidas vagas para os cargos de Analista Universitário (superior), Técnico Universitário (intermediário e intermediário profissionalizante) e, na área de saúde para Analista Universitário (superior), Analista Universitário – Enfermeiro (superior) e técnico (intermediário profissionalizante).

Segundo a Diretoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos (DDRH), as vagas estão em aberto diante de desligamentos decorrentes de aposentadorias, falecimentos e de exonerações, dentre outras formas de afastamento. Conforme a Seplag, o impacto na folha do Estado com os novos concursados não poderá superar R$ 2.045.802,60.

ALTAMENTE IMPORTANTE

“Esta é uma notícia altamente importante para a nossa Universidade, que necessita melhorar o seu quadro funcional para incrementar o atendimento e ampliar a prestação de serviço à comunidade”, destaca o reitor, professor João dos Reis Canela.

“A confirmação do concurso contribui para reduzir uma das grandes dificuldades que a Universidade atravessou e atravessa nos últimos anos. A conquista é institucional e, neste caso, o Governo do Estado reconhece os esforços coletivos da gestão da Universidade, Reitoria, Pró-Reitoria de Planejamento, Gestão e Finanças e da Diretoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos”, destacou o reitor.

Para o professor Antonio Alvimar Souza, vice-reitor da Unimontes, “a aprovação do concurso é uma ação estratégica do Governo do Estado, em mais uma demonstração de apoio às necessidades da Unimontes. A partir deste concurso, a Unimontes encontra mecanismos para minimizar a defasagem do pessoal técnico e analista”.

O último concurso para técnicos e analistas realizado pela Unimontes foi em 2006. O certame novo acontecerá ainda em 2018 e a data será definida nos próximos dias.

“A realização do novo concurso mostra a considerável necessidade de ampliar o quadro de pessoal técnico e analista da Unimontes. A defasagem diante dos desligamentos acarreta numa sobrecarga nos Departamentos, Cursos, Centros de Ensino e no próprio HUCF, o que compromete o funcionamento pleno dessas unidades", explica o pró-reitor de Planejamento, professor Roney Versiani Sindeaux. Segundo ele, o concurso aponta para a redução dessa dificuldade, ainda que as vagas não sejam suficientes para resolver todas as questões, mas sinaliza apoio nesse sentido que o Governo do Estado oferece à Unimontes.

VAGAS
As 96 vagas estão distribuídas da seguinte forma:

ANALISTAS (nível superior) - 24 vagas

Analista Universitário – 8 Vagas (30 horas)
Analista Universitário da Saúde – 8 vagas (30 horas)
Analista Universitário da Saúde (enfermeiro) – 8 vagas (24 horas)

TÉCNICO UNIVERSITÁRIO (nível médio) – 72 vagas

Técnico Universitário – 26 vagas (40 horas)
Técnico Universitário (profissionalizante) – 26 vagas (40 horas)
Técnico Universitário da Saúde – (profissionalizante) 20 vagas (30 horas)